top of page
Buscar

A cor é rosa

O Outubro Rosa é um movimento popularmente conhecido por todo mundo com o intuito de simbolizar a luta contra o câncer de mama e conscientizar acerca das ações preventivas. O nome faz referência à cor do laço rosa utilizado durante essa época do ano, como forma de estimular a participação da população, empresas e entidades.


Esse movimento foi iniciado nos Estados Unidos, onde vários estados faziam ações isoladas referente à prevenção ao câncer de mama durante o mês de outubro. Com a aprovação do Congresso Americano, o mês de outubro se tornou o mês nacional de prevenção do câncer de mama.


O laço cor de rosa tornou-se símbolo dessa luta devido à distribuição feita pela Fundação Susan G. Komen for the Cure durante a I Corrida pela Cura, ocorrida em Nova York em 1990. Inicialmente essa corrida não contava com a ajuda de instituições públicas e privadas, só que as proporções da conscientização gerada por esse evento foram crescendo tanto, que se espalharam por todos os Estados Unidos, até alcançar todo o mundo.


Em 1997 algumas cidades dos Estados Unidos começaram efetivamente a comemorar e promover ações voltadas para a prevenção do câncer de mama. As ações eram e até hoje são voltadas para a conscientização da prevenção por meio do diagnóstico precoce. Dessa forma, são feitas ações para sensibilizar a população sobre esse assunto. No início as cidades se enfeitavam com os laços rosas, hoje é possível ver os monumentos públicos, prédios, pontes, teatros, entre outros, iluminados de rosa, como forma de apoio a essa causa.


A primeira ação vista no Brasil, aconteceu em 2002, com a iluminação rosa no monumento do Obelisco Mausoléu do Soldado Constitucionalista, no Parque do Ibirapuera em São Paulo. Essa iniciativa foi promovida por um grupo de mulheres simpatizantes com a causa do câncer de mama em conjunto com uma empresa de cosméticos. Desde então, é possível ver vários monumentos importantes e lugares iluminados em cor-de-rosa por todo o Brasil, inclusive o Cristo Redentor, promovendo visibilidade para essa causa tão nobre.


Há tantas ações importantes para conscientizar sobre essa causa, mas você sabe o que é o câncer de mama?


O câncer de mama é um tumor maligno que ataca o tecido mamário e é um dos tipos mais comuns, segundo o Instituto Nacional do Câncer – INCA. Ele se desenvolve quando ocorre uma alteração de apenas alguns trechos das moléculas de DNA, causando uma multiplicação das células anormais que geram o cisto.


Segundo o Instituto Oncoguia, o diagnóstico precoce do câncer aumenta significativamente as chances de cura, 95% dos casos identificados em estágio inicial têm essa possibilidade. Por isso, a mamografia é de extrema necessidade e imprescindível, pois é o principal método de detectar a existência da doença.


Segundo o Ministério da Saúde, o número de mamografias realizadas pelo SUS caiu entre janeiro e julho de 2020, em comparação com os anos anteriores. As mamografias realizadas até julho somaram 1,1 milhão, contra 2,1 milhões nos mesmos períodos de 2018 e 2019. De acordo com o Ministério da Saúde, a pandemia de covid-19 foi o fator principal para a diminuição da procura por esse serviço, ainda que as unidades de saúde tenham mantido o atendimento e a oferta de tratamento às pacientes.


A Sociedade Brasileira de Mastologia reitera que o rastreamento mamográfico é a melhor forma de detectar tumores precoces e reduzir a mortalidade por câncer de mama, dados que são comprovados por diferentes estudos científicos. “É preciso que a população saiba que a prevenção é o melhor caminho para o diagnóstico precoce e que pode fazer toda a diferença no potencial de cura”, conclui um dos mastologistas da sociedade. Além disso é importante lembrar de manter hábitos saudáveis, como atividade física e boa alimentação, além de exames e consultas em dia.


Curtiu a postagem? Ajude-nos a criar nosso conteúdo, dando dicas de assuntos que você quer ver por aqui pelo e-mail: contato@institutofenix.com ou pelo número 27 98856-3044




bottom of page