BLOG

Terapia Tântrica e a Plenitude do Ser


    (12/12/18)  

Falar de Tantra é falar do caminho para a plenitude.
O tantra é uma filosofia comportamental que nos oportuniza a transformação em cada aspecto do nosso ser e nos libertando das limitações, das crenças distorcidas que temos a respeito de nós mesmos. Nesta filosofia, buscamos purificar nosso mundo, o self e as atividades cotidianas. Quando colocamos os métodos tântricos em prática, obtemos rapidamente a iluminação através da libertação de crenças que limitam a nossa felicidade.
O nosso mundo, nosso self (a verdadeira identidade), o prazer e a maior parte das atividades que realizamos são de natureza mental. Quando a nossa mente está impura, tudo o que fazemos tornam-se impuros, e quando a nossa mente se torna pura por meio de práticas de purificação, nossos atos são purificados. Nossas emoções são reflexos da percepção do mundo em que vivemos.
Na Psicoterapia Holística Tântrica, nos propomos a encarar as emoções em desequilíbrio, a percebermos aonde está a própria força e a fraqueza. É perceber a realidade que está dentro de nós, e a nossa volta, como a realidade presente. Contudo, não é uma filosofia que trabalha a passividade e ignora a responsabilidade do ser: é uma terapia que busca a revolução pessoal e existencial, a essência individual, a força espontânea de agir consciente, de forma plena.
Na sessão o terapeuta o guiará na realidade através de sua consciência, o que oportunizará uma conexão maior com sua força de criação interior e a realizações conscientes sobre seu ambiente, corpo, prazeres e atividades. As práticas visam transformar o que nos leva ao apego: as nossas experiências dos prazeres mundanos.
Através da terapiatântrica, desenvolve a realização interior, impedindo as aparências e concepções comuns, os véus que não permitem vermos a verdade são retirados. Desta forma, amplia-se a percepção dos fenômenos próprios da existência da verdadeira identidade, saindo do sofrimento compulsivo e das dores inconscientes.
Através da abordagem da Psicologia Analítica Junguiana, a pessoa desenvolve consciência da sua própria luz interior, assim como a de suas sombras. A passividade herdada inconscientemente pelo self dividido é ressignificada. Tornando a pessoa consciente de sua individualidade.
O Templo Corporal é trabalhado na terapia a partir da visão da psicologia reichiana onde há a intenção de diluir as couraças. Estas, formadas a partir de situações que a pessoa vivencia, bloqueiam o fluxo energético corporal protegendo o emocional do ambiente exterior. As práticas corporais tem o objetivo de desbloquear as correntes energéticas internas, energizar e vitalizar o corpo físico e os corpos sutis, proporcionando bem estar e maior consciência corporal.

Lívia Maria Vicentini
Sannyas: Chandani Devi
Psicoterapeuta Holística Tântrica, trabalha com Terapia Holística Kahuna-Ho’oponopono e Terapia Reiki. Ministra práticas de cura do sagrado feminino. (Saiba mais sobre as terapias)