CURSO DE FORMAÇÃO EM DANÇAS CIRCULARES




SOBRE AS DANÇAS
 
As Danças Circulares são danças de diversas regiões do mundo, podendo ser tradicionais, regionais, folclóricas ou contemporâneas. 
Em círculo, o grupo segue uma coreografia que é ensinada por um focalizador. Primeiro treina-se os passos na roda, depois dança-se com a música e aos poucos os movimentos são internalizados, liberando-se a mente, o coração e o corpo. É assim que a dança acontece, coletivamente, introspectiva, meditativa ou com muita alegria. Podem ser destinadas a iniciantes com danças simples e de fácil aprendizado, não tendo necessidade de experiência anterior para participar da roda, ou podem ser danças mais elaboradas, para grupos mais avançados, que já dançam há mais tempo. 
As danças de roda ou em círculo fazem parte da vida social humana desde a mais remota data. Em círculo, o homem das sociedades primitivas, celebrava todos os acontecimentos importantes como o nascimento, o casamento, o plantio, a colheita, a chegada das chuvas, a primavera, a morte. Para estes povos a dança era um ato sagrado que lhes permitia a ligação com o divino, expressando através dela sua profunda ligação com tudo que o cercava.

  “Ao dançar, o mundo é de novo circulado e passado de  mão em mão. Cada ponto na periferia do círculo é ao  mesmo tempo um ponto de retorno. Se dançarmos  uma dança matinal, saudando o nascer da aurora  dançando, perceberemos, quando nos movimentamos  ao longo do círculo, como as nossas sombras, neste  circular singular, também descrevem um círculo. Assim,  nós percebemos que giramos 360 graus. Sentimos na  caminhada uma mudança através da reviravolta  conjunta”. (WOSIEN,2000; p. 120). 

Com o desenvolvimento das civilizações, o homem foi se distanciando da prática dessas danças, esquecendo-se até mesmo de si próprio.         
A origem desse movimento, intitulado Danças Circulares, surgiu nas décadas de 50 e 60. Bernhard Wosien, dançarino, coreógrafo e pedagogo alemão que começou a pesquisar e coletar as danças folclóricas de várias comunidades, ficou fascinado pelas danças tradicionais e iniciou um trabalho que se difundiu rapidamente pelo mundo. Em 1976, ele visitou a Comunidade de Findhorn, no norte da Escócia, e ensinou pela primeira vez, uma coletânea de Danças Folclóricas para os residentes. De Findhorn até os dias atuais, houve uma grande expansão das Danças Circulares em todo o mundo. No Brasil, chegaram no início da década de 90 e se espalharam formando rodas nos mais variados segmentos - parques, escolas, universidades, hospitais, órgãos públicos, instituições e empresas.

 
OBJETIVO
Trabalhar a concentração e memória, tomar consciência do corpo físico harmonizando corpo-mente-espírito, humanizar as relações, sociabilizar e integrá-las através de danças de diversos povos. 

Informar, sensibilizar e oferecer conhecimento teórico e prático a pessoas que queiram ser multiplicadores do movimento das Danças Circulares.


BENEFÍCIOS
  • As danças circulares possibilitam a percepção de si mesmo e do outro por meio da integração, da comunicação e da flexibilidade que o desafio de participar de uma dança coletiva exige de todos. 
  • O exercício da prática circular traz alegria, leveza, serenidade e descontração, estimula a auto confiança e a perseverança, traz bem-estar ao corpo físico, mental, emocional, espiritual.
  • Em roda, cada participante é convidado a rever os seus próprios passos, internalizar seus movimentos, sua respiração, entrar em contato com seu esquema corporal e perceber suas habilidades e dificuldades diante de novos desafios. 
  • É uma atividade coletiva, na qual o participante é levado a valorizar o trabalho em equipe, perceber e respeitar o espaço da roda, de si mesmo e do outro. 
  • Esta prática prepara o ser humano para uma nova etapa da humanidade, onde harmonia e paz serão reflexos de atitudes de cooperação e comunhão.
 
PÚBLICO ALVO
Este curso foi elaborado para pessoas de todas as áreas que queiram conhecer e aprofundar os seus conhecimentos sobre as Danças Circulares, dando início a uma jornada de autoconhecimento, transformação e desenvolvimento pessoal e também utilizá-las como ferramenta de trabalho.  Não é necessária experiência anterior.             

METODOLOGIA
Neste curso, fundamentaremos o estudo das Danças Circulares com a vivência de um rico repertório - por meio de aulas teóricas e práticas, atividades lúdicas, relaxamento e meditação.

FOCALIZADOR 
Fátima Vervloet Aguirre Ramos
Formação em Desenho e Artes Plásticas e Especialista em Arteterapia. Conheceu as Danças Circulares em 1997 (MG). Certificada pela Academy of Movement & Awareness e Membro da Rede Internacional Movement & Awareness. Docente no Curso de Pós Graduação Dança e Consciência Corporal, Faculdade Estácio de Sá. Cursou Aprofundamento em Dança Circular, 2012 e 2013, São Paulo. Treinamento Internacional com Nanni Kloke, 2014, São Paulo. Focalizadora em grupos regulares, em empresas e na educação. Ministra e organiza cursos. Idealizou e desenvolveu o projeto Dança Circular na Escola durante 10 anos consecutivos. Pesquisou as Danças Tradicionais do ES. Vivenciou a Dança Africana em Tete, Moçambique e Luangwa, Zâmbia. Participou do Festival of Sacred Dance and Song, em Findhorn, Escócia. Ministrou vivência de Dança Circular e Coaching em Los Angeles/Califórnia. Fez cursos com renomados focalizadores nacionais e internacionais: Gabriele Wosien, Peter Vallance, Mandy de Winter, Judy King, Nanni Kloke, Friedel Kloke, Suzane Bartomolei, Andy Bettis, Gwin Peterdi, Pablo Scornik, Cristiana Menezes, Renata Ramos e outros. Convidada para focalizar: Danças Italianas no VIII EBDCS (Encontro Brasileiro Dança Circular Sagrada), Embu, SP – 2009; Convidada Especial para focalizar no Festival Rodas do Sul, Porto Alegre – 2014;  Focalizadora da oficina Dança Circular para Jovens e palestrante com o tema As Danças circulares na educação de crianças e jovens, no Encontro Internacional de Dança Circular, SESC/São Paulo – 2015; Focalizadora no Festival Flores e Cores em Holambra, SP; Focalizadora no Festival de Danças Circulares em São José do Rio Preto, SP. Criadora e co-organizadora do Encontro de Danças Circulares Minas Santo & Espírito das Gerais, em Santa Cruz, Espírito Santo, 2013, 2015, 2017 que reúne em torno de 240 pessoas de todo o Brasil. 
tatiaguirre@gmail.com l www.minassanto.com.br l +552798824 1813

ENCONTROS
5 Módulos - Sábados e Domingos - Total de 10 encontros
09:00 ÀS 17:00 - Aulas teóricas e práticas

CRONOGRAMA
19 e 20 de Maio – Fatima Aguirre Ramos
16 e 17 de Junho - (focalizador convidado SP)
21 e 22 de Julho – Fatima Aguirre Ramos
4 e 5 de Agosto – Fatima Aguirre Ramos
22 e 23 de Setembro - Renata Carvalho Lima Ramos (focalizadora convidada/SP)
13 e 14 de Outubro  - IMERSÃO*

*A conclusão da formação se dará com uma Imersão de final de semana, cujos valores de alimentação e hospedagem estão incluídos no valor total do curso.

MATERIAL COMPLETO
Em arquivo, contendo as apostilas com registros das danças e textos complementares, as músicas e vídeos de todo o repertório trabalhado no curso. Levar pen-drive para a recebimento do material de cada módulo.
Repertório de danças: 80 danças (16 danças por módulo)

AVALIAÇÃO E CERTIFICADO
Ao final do curso haverá avaliação prática e escrita. O participante que atender aos requisitos – presença, entrega de relatório e prática – receberá certificado de conclusão de curso.

INVESTIMENTO
Em breve


ar2